O circo e o profissional liberal

circo_ringling_bros.jpg

Me lembro da primeira vez que levei minha filha mais velha a um circo. Era uma tenda com capacidade para umas 500 pessoas em um lote vago na avenida. Já de longe se via um letreiro grande com luzes piscando e ela se encantou com aquele lugar. Lá no circo vimos palhaços, cavalos, motos, acrobacias de tirar o fôlego, malabarismos com fogo e nos divertimos muito.

Recentemente eu li a notícia que o circo Ringling Bros que foi o pioneiro neste tipo de diversão está fechando as portas, apagando as luzes, isso tudo porque ele não se atualizou e não percebeu que os novos tempos traria para ele novos desafios. Uma atividade que era a única diversão de uma família agora competia com a tv, redes sociais, internet, shows e muitas outras opções mais modernas.

 

Me veio em mente o profissional liberal que não se atualiza, vive sempre à margem do mercado, sempre desatualizado ou sempre um passo atrás da tecnologia. Corre o risco de ter seu negócio extinto e fechar as portas porque não enxergou que os tempo mudaram. Muitas vezes ele teve a iniciativa mas nunca teve a “acabativa”, nunca terminou aquilo que iniciou ou que pensou em fazer. Outras vezes tentou até fazer, tentou do seu jeito mas não obteve o resultado desejado.

Por conta disso eu convido você a analisar em 2017 todas as vezes que você teve uma iniciativa de se atualizar, de melhorar o seu negócio, mas não teve a “acabativa”.

Gosto da frase de Willian Shakespeare: “A oportunidade nunca é perdida. Alguém sempre vai aproveitar as que você perdeu.” Essa frase me mostra que alguém está aproveitando as oportunidades que eu estou perdendo e isso me faz tomar a atitude de entrar no corrida novamente e insistir naquilo que quero até conseguir.

Lembre-se: Atitude é tudo!

Grande abraço,
Adelí Mateus - CEO ADVOSITE
www.advosite.com.br